Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

20191128 Como morar em Portugal Capa

 

Nos últimos anos, o número de brasileiros morando em Portugal disparou. Apenas em 2018 houve uma alta de 23,4% em relação ao ano anterior. As informações do SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras), órgão responsável pela imigração no país, afirmam que  os brasileiros são a maior comunidade estrangeira em Portugal. Entre os benefícios do país estão o idioma e a cultura semelhantes. No entanto, morar no país europeu requer preparo e investimentos.

 

Segundo Bruna Dayan, Gerente de Negócios Internacionais do Banco Ourinvest, essa busca por Portugal como principal destino de brasileiros para moradia na Europa aumentou nos últimos cinco anos. Fatores conjunturais ajudam a explicar o movimento. Em meados de 2011, Portugal passou por uma grande crise financeira, que chegou até mesmo a ameaçar sua permanência na Zona do Euro. Com ajuda da União Europeia, que injetou recursos no país, Portugal iniciou um programa de contenção de custos e revisão econômica — e vem mostrando um desempenho positivo. No ano passado, o PIB do país cresceu 2,1%, percentual acima da média da União Europeia.

 

Parte desse programa de recuperação econômica passa por atrair investimentos externos. “O país soube aproveitar sua localização estratégica, que fica no meio da Europa, com fácil acesso para a Ásia e para a América Central. Além disso, o clima agradável e a cultura amistosa atraíram novos moradores e investidores”, explica Bruna.

 

Mas ao passo que mais brasileiros estão de olho no destino, mais dúvidas podem aparecer no meio do caminho. Por isso, ao decidir mudar para Portugal, os brasileiros precisam de um apoio estratégico. 

 

 “Criamos dentro da nossa área de pessoa física, no Banco Ourinvest, a Global Desk, onde temos um atendimento dedicado a Portugal. Temos profissionais dedicados para transferir famílias inteiras para o país”, diz a executiva.

 

 Além de realizar as transferências financeiras com agilidade, o banco auxilia em um serviço de concierge 360 graus. A ajuda aos brasileiros vai desde a hora da abertura de conta em bancos portugueses, passando por sugestões de investimentos em diversas áreas, além de apoio em questões jurídicas e ajuda em serviços como busca de escolas e universidades. “Estamos preparados para as mais diversas necessidades dos clientes”, explica Bruna.

 

Segundo a executiva, nos últimos três anos o banco ajudou cerca de 2500 brasileiros a se estabelecerem em Portugal. “Temos parceiros que ajudam desde a compra de passagens aéreas até pessoas especializadas em relocation — o serviço de auxiliar na adaptação em Portugal. São 230 parceiros na nossa rede”, diz Bruna.

 

 Os serviços são os mais variados possíveis, desde uma rede de arquitetos e decoradores para os novos imóveis até a internacionalização de uma empresa, importação, exportações, expansão para a Europa, por exemplo.  “Conseguimos auxiliar em todos esses quesitos, em todas as cidades de Portugal”, afirma a executiva.

 

 A seguir, você confere um passo a passo inicial para quem está interessado em morar em Portugal:

 

1. Saiba mais sobre o destino: pesquise os hábitos culturais de Portugal de forma aprofundada. Converse com a família sobre as mudanças estruturais, afinal, apesar do idioma ser o português, há muitas diferenças entre os dois países.

 

2. Decida sua área de atuação:  é importante estabelecer o motivo da mudança, seja para estudar, trabalhar ou investir. Isso vai ajudar na hora de se estabelecer no país e oficializar a transição.

 

3. Como entrar no país: como fomos colonizados por portugueses, muitos brasileiros conseguem a cidadania e podem viver em Portugal. Porém, com a alta demanda e para evitar problemas sociais, o país passou a pedir comprovação financeira para os estrangeiros. É necessário que haja um depósito de 7 mil euros para a primeira pessoa e de um percentual decrescente do valor para os demais componentes de uma mesma família.

 

4. Outras formas: caso você não tenha direito à cidadania, há outras formas para adentrar no país, como:

 

▪ Visto de Estudo

▪ Visto de Trabalho

▪ Visto de Empreendedor

▪ Visto para Startup

▪ Visto de Rendas Próprias (aposentados, por exemplo)

▪ Golden Visa (compra de imóvel a partir de 500 mil euros)

 

5. Lá dentro: depois da autorização de estadia no país, você vai precisar se estabelecer fisicamente, seja alugando ou comprando um imóvel. Um serviço de concierge e uma rede de parceiros pode ajudar na adaptação.

 

É importante ressaltar que uma consultoria especializada é fundamental para o andamento de todo o processo, especialmente na parte burocrática , como a área contábil. “Atuamos oferecendo a melhor taxa de câmbio para a transferência de ordens para os mais diversos objetivos, desde o câmbio turismo, com papel-moeda ou cartão pré-pago,  ou transferência de valores e até de patrimônio. Fazemos desde as consultorias das  transações financeiras até todo o processo de relocation", afirma a executiva.

 

Para mais informações, você pode entrar em contato com a Global Desk pelo número (11) 4081-4434 ou por e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

       
       

Logo Horizontal Dourado

“O Grupo Ourinvest trabalha a Abordagem da Inovação Responsável,
buscando aperfeiçoar a cada dia os conceitos que fizeram com que
o grupo se destacasse nas últimas quatro décadas.”

Banco Ourinvest S.A. - CNPJ nº 78.632.767/0001-20
Edifício Ourinvest | Av. Paulista, nº 1.728
Bela Vista CEP 01310-919 - São Paulo - SP

Telefone: (55 11)
4081-4444
Atendimento ao Deficiente Auditivo:(55 11) 3171-3003
Ouvidoria do Ourinvest:
0800-603-4444 | 0800-775-4000

Assessoria de Imprensa: imprensa@ourinvest.com.br

 

googleplay