Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

20200714causa-post.jpg

 

CAUSA: E o real continua sendo o destaque – negativo – dentre os demais emergentes. Desde o início deste ano, nossa moeda já subiu mais de 30% frente o dólar, enquanto as moedas dos demais emergentes subiram, em média, 6,1% nessa mesma comparação. As incertezas diante de um quadro pandêmico tão grave, somadas às consequências até agora pouco palpáveis de uma recessão econômica generalizada, provocaram saída em massa dos investimentos estrangeiros nos países emergentes, com destaque – negativo – para o Brasil. Mas por que a nossa taxa de câmbio desvalorizou de forma tão intensa? E o que esperar a partir de agora?

20200714causa-grafico.jpg

 

CONSEQUÊNCIA: Diante dos principais emergentes concorrentes do Brasil (e aqui estamos falando de México e Turquia, por exemplo), nossa taxa de juros é atualmente a mais baixa. Já perdemos um grande atrativo. Além disso, a imagem deteriorada do País por conta de decisões políticas polêmicas e duvidosas tem sido um fator adicional de pressão em nossa taxa de câmbio. Enquanto os agentes não recuperarem a confiança de que sairemos dessa crise com algum respaldo econômico e político concreto, é possível que o real continue sendo o patinho feio dos emergentes. É o risco, Brasil!

       
       

Logo Horizontal Dourado

“O Grupo Ourinvest trabalha a Abordagem da Inovação Responsável,
buscando aperfeiçoar a cada dia os conceitos que fizeram com que
o grupo se destacasse nas últimas quatro décadas.”

Banco Ourinvest S.A. - CNPJ nº 78.632.767/0001-20
Edifício Ourinvest | Av. Paulista, nº 1.728
Bela Vista CEP 01310-919 - São Paulo - SP

Telefone: (55 11)
4081-4444
Atendimento ao Deficiente Auditivo:(55 11) 3171-3003
Ouvidoria do Ourinvest:
0800-603-4444 | 0800-775-4000

Assessoria de Imprensa: Agência Tamer

Gustavo Girotto gugirotto@tamer.com.br 

Victor Hugo Gonçalves Carvalho victor@tamer.com.br

 

googleplay