Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

31/07/2019 | Causa ou Consequência

CAUSA: Enquanto as notícias locais focam com razão nos comentários de gosto duvidoso do nosso presidente, os mercados estão focados nas decisões de taxas de juros nos EUA e aqui no Brasil.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

25/07/2019 | Causa ou Consequência

CAUSA: As notícias locais não estão propriamente vazias, mas estão sem foco de efetividade em curto prazo.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
BTG Pactual digital adquire participação na Ourinvest DTVM

Ourinvest continuará atuando de forma independente e
será acelerada pela avançada plataforma tecnológica do Banco


O BTG Pactual digital anuncia a aquisição de 80% (oitenta por cento) do capital social da Ourinvest Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. (DTVM). A Ourinvest será mantida como plataforma independente do BTG Pactual, atuando como outra marca, na qual aliará toda a capacidade de originação das duas empresas, moderna plataforma tecnológica, rol completo de produtos financeiros com as melhores condições à aceleração da capacidade de distribuição de produtos estruturados e real estate. O BTG Pactual reforçará assim sua missão em ampliar sua capilaridade e compromisso com a democratização do acesso a investimentos de qualidade no mercado brasileiro. O fechamento da aquisição está sujeito a determinadas condições precedentes, dentre as quais, a aprovação do Banco Central e da autoridade concorrencial competente. A operação anunciada não envolve o Banco Ourinvest e as operações do banco ligadas a operação de câmbio para empresas e clientes institucionais.

Fundado em 1979, o Grupo Ourinvest transferiu em 2015 para a Ourinvest DTVM toda a prestação de serviços de custódia, distribuição e intermediação de títulos e valores mobiliários dedicados, principalmente, para pessoas físicas. Além da longa relação e credibilidade com sua base de clientes, a Ourinvest é especialista na distribuição de produtos estruturados e de real estate. Com o acesso à plataforma do BTG Pactual, a equipe da Ourinvest DTVM poderá expandir a oferta de produtos e melhorar ainda mais a experiência de seus clientes.

Para o BTG Pactual digital, a aquisição resultará em mais escala para sua plataforma, que foi desenvolvida ao longo dos últimos 5 anos, e ampliará o portfólio de produtos estruturados. “A Ourinvest DTVM é reconhecida no mercado por seu time muito experiente, com sólidos relacionamentos construídos ao longo de mais de 40 anos. Sua base de clientes é bastante sofisticada”, afirma Marcelo Flora, sócio responsável pelo BTG Pactual digital.

A Ourinvest DTVM continuará atuando como uma empresa independente e se tornará uma nova marca dentro da Unidade Digital de Varejo do BTG Pactual, anunciada em maio com a chegada de Amos Genish ao partnership do Banco.

Para Ralph Bigio, sócio do banco Ourinvest que continuará responsável pelas operações da Ourinvest DTVM, “o maior valor da nossa empresa está na base de clientes que construímos e educamos ao longo de vários anos, e claro, no time que realizou todo esse trabalho”. “Somos reconhecidos pela grande dedicação aos produtos estruturados de renda fixa e imobiliário, além do atendimento pessoal que é resultado do forte trabalho de nossa equipe. A plataforma digital do BTG nos dará os produtos que os clientes esperam e que nossos officers precisam para continuarmos crescendo com cada vez mais qualidade”, completa.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Para quem senta atrás de telas de cotações financeiras, este mês tem sido de otimismo e comemoração. O motivo (justo, embora talvez pontual) foi a votação da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados em primeiro turno, a qual mostrou um quórum altíssimo para um período pré-férias e um placar de vitória avassaladora para o “sim”. O mercado financeiro abraçou o modo de sistema “quase-parlamentarista” que estamos vivendo e seguiu a vida em festa.

De fato, segundo uma pesquisa recente de uma grande instituição financeira, houve um vertiginoso crescimento na confiança com o cenário político-econômico. Notem, porém, que a pesquisa se restringiu aos agentes do mercado financeiro, e foi realidade entre 11 e 12/julho. A avaliação boa ou ótima do governo Bolsonaro foi de 55% nessa data, vindo de míseros 14% em maio, quando tínhamos muita incerteza em relação ao processo de aprovação da Reforma da Previdência. E não à toa, as expectativas em relação ao governo Bolsonaro também registraram alta entre os agentes econômicos: o resultado foi de os mesmos 55% de avaliações positivas; em maio, a taxa foi de 27%. Porém, o destaque da pesquisa, na minha opinião, foi o índice de avaliação positiva do Congresso, que alcançou 86% (!!!!), quando a média dessa informação roda a 30%. Que isso, hein, Presidente Rodrigo Maia?

Diante desses números, meus amigos leitores devem estar se perguntando: “Bacana, Av. Faria Lima, mas e eu com isso?”. Bom, já venho repetindo em diversos textos e vídeos a importância da confiança dos agentes, que incluem principalmente os empresários e os consumidores. A força motora da recuperação econômica virá desses vetores, e não somente do mercado financeiro. Então, meus amigos, inebriem-se com o bom humor dos mercados financeiros dessas últimas semanas, é isso que estamos esperando.

Embora os livros-texto sugiram que o mercado financeiro costuma antecipar movimentos da economia real, caso não se concretizem, o ajuste dos preços dos ativos pode vir a galope. Em português claro, do mesmo jeito que vimos a taxa de câmbio baixar dos R$/US$ 4,10 aos R$/US$ 3,80 rapidamente quando o presidente Rodrigo Maia demonstrou forte intenção de aprovação da reforma, a não efetivação de aumento da confiança dos empresários e consumidores pode frustrar o mercado (de novo) na questão de retomada de crescimento, e daí, já viram... voltaremos ao cenário ruim (worst-case scenario, no economês chegado no inglês) que vimos em meados de maio, quando o câmbio alcançou patamares acima de R$/US$ 4,00.

Quero mesmo acreditar que o otimismo seja contagioso. Vira essa boca para lá se o Senado encrespar no texto da Reforma; a outra possível PEC de Reforma de Estados e Municípios não acontecer; se acabar a lua de mel com o Brasil “quase-parlamentarista” e começarmos a nos frustrar com o andamento do governo Bolsonaro. E nem me fale se a confiança dos empresários não aumentar; se os gringos não resolverem investir no Brasil; se de novo não crescermos nem 1% em 2020. Sai para lá, pessimismo; quero me inebriar junto com o mercado

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

16/07/2019 | Causa ou Consequência

CAUSA: Estamos de férias do Congresso por 15 dias, depois de uma saída glamourosa.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

10/07/2019 | Causa ou Consequência

CAUSA: Brasileiro que é brasileiro, gosta de viver no limiar, com emoções.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

CAUSA: Houve boas notícias no mercado internacional (no último final de semana, China e EUA anunciaram uma trégua de imposição de tarifas entre países, com intuito de formularem o famigerado acordo comercial). Mas o mercado local está em compasso de espera.

A comissão especial segue em análise quanto ao texto final da Reforma da Previdência e adiando dia a dia a votação, para passar o bastão ao plenário. A expectativa é que ocorra uma ou duas sessões de votação na Câmara dos Deputados antes do recesso parlamentar em 17/julho.

CONSEQUÊNCIA: Essa espera está longa e tardando... Como tenho dito, a não conclusão da expectativa mencionada deve gerar uma pressão negativa em preços de ativos brasileiros. Já estamos vendo isso hoje...


Read More

       
       

Logo Horizontal Dourado

“O Grupo Ourinvest trabalha a Abordagem da Inovação Responsável,
buscando aperfeiçoar a cada dia os conceitos que fizeram com que
o grupo se destacasse nas últimas quatro décadas.”

Banco Ourinvest S.A. - CNPJ nº 78.632.767/0001-20
Edifício Ourinvest | Av. Paulista, nº 1.728
Bela Vista CEP 01310-919 - São Paulo - SP

Telefone: (55 11)
4081-4444
Atendimento ao Deficiente Auditivo:(55 11) 3171-3003
Ouvidoria do Ourinvest:
0800-603-4444 | 0800-775-4000

Assessoria de Imprensa: imprensa@ourinvest.com.br

 

googleplay